Menino de Rua.

Menino, Rua. Menino de rua é gente e, importante ele tem uma alma, e o preço da alma dele custou o mesmo de um infante que mora em um palácio. Disse Jesus não em embaraces as criancinhas, pois dos tais é o reino do Céu.

Menino de Rua. Menino de rua também tem uma alma.

Menino, Rua. Apor trás de um menino de rua existe uma família destruída pela as hostes demoníaca. Satanás veio para roubar, matar e destruir é o que ele faz de melhor.

Menino, Rua. Sem pai, mãe, uma identidade. Futuro: chefe de tráfego para ser caçado pela polícia.

Menino, Rua. Sem pai, mãe, uma identidade. Futuro: chefe de tráfego para ser caçado pela polícia.

A família é um alvo preferido do inimigo, pois cada família destruída é um buraco negro na sociedade.

Menino, Rua. Ser menino de rua não é uma escolha é sim uma consequência.

Menino, Rua. Menino de rua é um sequela em todas cidades do mundo, satanás alimenta esta condição por dali ele irá levantar os bandidos, causador de pânico na sociedade hodierna. Os Governos não pode coibir este flagelo, temos que conviver com isto.

Menino, Rua. O que se esperar do futuro desta criança?

Menino, Rua. Ser explorado pelos traficantes para serem bandidos menores, porque a lei e frouxa para os menores. O estado do Adolescente faz cobertura das desventura e crimes cometidos por estas crianças.

Conclusão.

Se houvesse uma real distribuição de renda. Esta distribuição de renda anda na com-mão da realidade. As famílias não podem manter ser filhos dentro de casa. Manda para os semáforos se vender para poder sobreviver, Eles sofrem e em contra partida faz a sociedade sofrer também.

Contato: nalcyloud@hotmail.com

Autor: Bacharel em Teologia. – Nalcyman Loud

Recife, 28 de junho de 2016.