Pedro Tu me Amas?

Pedro Tu me Amas? Pedro era dos três discípulos mais achegados a Jesus, sempre que Jesus tinha um assunto que seria para ficar entre eles, Jesus chamava os três.

Um exemplo: No caso da Transfiguração de Jesus, estavam presentes Pedro, Tiago e João. Mas, Pedro era aquele apóstolo, muitas vezes inconsequentes.

Jesus pergunta a Pedro: Simão Pedro tu mim amas? – Sim, eu te amo. Apascentas as minhas Ovelhas. Simão Pedro tu me mim amas? Sim, eu te amo. Apascenta as minhas Ovelhas.

Simão Pedro, tu mim amas? Tu o sabes Senhor.

Pedro Tu me Amas? Pedro anda sobre as águas do mar.

Pedro Tu me Ama? Depois de Jesus ter feito a primeira multiplicação dos pães e peixes; mandou que os discípulos entrassem no barco e fosse para Betsaída.

Logo que partiram se levantou um vento. O mar se embraveceu a ponto de quase virá o barco, mesmo muitos deles sendo pescadores; acostumado ao mar, não estavam conseguindo manter a estabilização do barco.

Pedro Tu me Ama? - Imagem meramente ilustrativa. Simão Pedro, um pescador, rude. indouto. Mas, Jesus o transformou em pescador de homens. Enquanto Jesus estava com eles, Pedro era aquele que de pronto respondia as perguntas; Algumas vezes certas, mas a maioria respondi sem medir as consequências. Pedro fazia parte dos três discípulos que Jesus as vezes, mostrava e falava coisas só a eles. No Pentecoste, Pedro fez um sermão que se converteram quase três mil almas. Não era mais aquele Pedro Precipitado. Agora estava cheio do Espírito Santo de Deus.

Pedro Tu me Amas? – Imagem meramente ilustrativa. Simão Pedro, um pescador, rude. indouto. Mas, Jesus o transformou em pescador de homens. Enquanto Jesus estava com eles, Pedro era aquele que de pronto respondia as perguntas; Algumas vezes certas, mas a maioria respondi sem medir as consequências. Pedro fazia parte dos três discípulos que Jesus as vezes, mostrava e falava coisas só a eles.
No Pentecoste, Pedro fez um sermão que se converteram quase três mil almas. Não era mais aquele Pedro Precipitado. Agora estava cheio do Espírito Santo de Deus.

Perto da quarta vigília da noite, Jesus se aproxima deles ando por sobre o mar. Os discípulos tiveram medo e pensaram que ser um fantasma. Jesus disse: tende bom ânimo que sou Eu.

Pedro disse: Se és tu Senhor, deixa que eu até ti. Vem. E Pedro andou sobre o mar e não acreditando no acontecia deixou de olhar para Jesus e, começou a afundar e, gritou socorre-me Mestre.

E Jesus Segurou em sua mão e foram para o barco e, Jesus lhe disse: Homem de pouca fé.

Pedro Tu me Amas? Jesus repreende: Passa para trás de satanás.

Pedro Tu me Ama? Jesus fala aos seus discípulos que a hora de ser entregue para á morte era chegada. Pedro fala e diz: De maneira alguma Jesus não dixes que façam isto contido. Jesus repreende Pedro e diz: Para trás de satanás. Jesus disse maneira alguma deixarei de cumprir ao que fui enviado. (O Plano redentor do Pai)

Pedro Tu me Amas? Pedro nega  Jesus.

Pedro Tu me Amas? Jesus disse: O filho do Homem (Deus) vai como está dele está escrito e, muitos se escandalizarão de mim. Pedro toma a palavra e diz: Ainda que todos se escandalizem de maneira alguma me escandalizarei; Jesus respondendo disse: Pedro, antes que o galo cante duas vezes, três vezes me negaras e, arrependido Pedro chorou.

CONCLUSÃO.

Notamos que Pedro era uma pessoa impulsiva, respondia as perguntas se medir as consequências. Pedro mostrava ser um líder sem preparação, Jesus sabia disto. Como sabia que Judas seria o seu traidor.

Não só Pedro, porém os outros Apóstolos não tinha aquela segurança acerca de Jesus O Messias, mesmo no monte das Oliveiras onde Jesus deu-lhes suas últimas instruções.

Os pediu que permanecesse em Jerusalém até que do Céu vos fosse enviado o Consolador, O Espírito Santo que lhes iria lembra-lhes de tudo quanto fora ensinado. E, dizendo estas palavras foi sendo elevado ao Céu até que uma nuvem o cobriu e, foi recebido no Céu.

Fonte de pesquisa: Bíblia de Estudo Pentecostal.

Revista e Corrigida – 1ª Edição de 1995.

Autor: Bacharel em Teologia – Nalcyman Loud

Recife, 28 de dezembro de 2015.